Terça-feira, 31 de Janeiro de 2012

Introdução ao treino - por Pedro Maia

Aqui vos deixamos alguns apontamentos redigido pelo Pedro Maia, orador principal na Masterclass "preparação para maratonas" que irá decorrer no dia 04 de Fevereiro, na Escola Internacional de Torres Vedras, acerca de introdução ao treino.

 

NOTA: A ESCOLA INTERNACIONAL DE TORRES VEDRAS ACEDEU EM AUMENTAR O NR DE PARTICIPANTES EM 20 LUGARES EXTRA. ASSIM, PODEM AINDA INSCREVER-SE PARA A MASTERCLASS ATÉ AO FINAL DO DIA 02 DE FEVEREIRO! 

 

PROGRAMAÇÃO DE TREINO, por Pedro Maia:

 

Factores individuais a considerar na elaboração e desenvolvimento de um Programa de Treino:

 

  • Anos de experiência na actividade.
  • Idade e nível de maturidade.
  • A maneira de como tem progredido o treino a
         longo prazo.
  • Os programas de treino mais recentes.
  • Pontos fortes e fraquezas pessoais.
  • Condições meteorológicas e percursos de
         treino.
  • Calendários das corridas mais importantes.
  • Detalhes sobre as corridas importantes:
         Duração, terreno, competidores, resultados anteriores, etc.
  • Estado de saúde.
  • Qualidade de vida (Ex: Trabalho, família,
         amigos, etc.).

 

A lista poderia continuar e ser bem longa. Existem muitos factores desconhecidos para aconselhar a um “estranho” a melhor maneira para se preparar para uma competição. Além do mais, ninguém sabe como é que você está neste preciso momento. Só mesmo você poderá tomar certas decisões. De tudo o que precisa são as ferramentas aconselhadas para o fazer.

 

Treino Sistemático

 

É possível ser um bom atleta sem se utilizar um sistema e um método de treino bem estruturado. Só que se esse atleta decidir competir um nível mais elevado terá com certeza que aumentar a estrutura do seu treino. Sistemas e métodos de treino estruturados são críticos quando queremos atingir o “pico” das nossas performances. As coisas nunca acontecem por acaso e só o talento não chega, é preciso também competência. Claro que existem vários métodos (tantos quantos atletas e treinadores), e não quer dizer que o que iremos utilizar seja o melhor. Não existe só uma melhor maneira, não há nenhum sistema que seja a garantia de sucesso para todos.

 

Filosofia de Treino

 

A metodologia de treino que se deve utilizar não é complicada e baseia-se nesta filosofia:

 

 

FAZER A
MENOR QUANTIDADE DE TREINO EFICAZ NA ALTURA
APROPRIADA.

O NOSSO OBJECTIVO É PROGRESSÃO E NÃO PERFEIÇÃO.

 

 

Treino Consistente

Teoricamente podemos adoptar a filosofia de treino aqui expressa. Mas, o mais natural é, quando chegarmos à altura de treinar, adoptamos a filosofia “MAIS É MELHOR”. Por exemplo, que escolhas é que fazemos quando:


  • Nos sentimos cansados e temos um
    treino intenso planeado?

  • Ficamos com medo de perder
    capacidades físicas pelo facto de descansarmos?

  • Pensamos que os nossos competidores
    estão a treinar mais do que nós?

  • Sentimos que os nossos parceiros de
    treino estão a andar muito rápido?

  • Pensamos que podemos fazer mais mas
    não estamos seguros disso?

  • Tivemos uma corrida “MÁ”?

  • Parece que chegamos a um ponto de
    estagnação, ou que estamos a perder as nossas capacidades físicas?

 

Treinar consistentemente e não extremamente, é o caminho a seguir se quisermos atingir o máximo das nossas capacidades físicas. A chave para a consistência é a moderação e o descanso e sobretudo SABER QUANDO PARAR:

  • MODERAÇÃO
        
  • DESCANSO
        
  • IMPORTÂNCIA
         DO SONO.

 

Devemos ir mais à frente

 

Fazer a menor quantidade de treino eficaz na altura apropriada.

 

Isto não quer dizer que não tenhamos de “alcançar mais à frente”. O que quer dizer é que temos que arriscar e tentar fazer mais do que aquilo que pensamos ser possível. Só que isso não deverá ser feito a todos os dias. Uma vez de entre 14 a 21 dias, aumente a intensidade até ao limite. Isto irá causar uma fadiga enorme e para recuperar vai ter que “descansar” uns dias extra. É natural, tem é que ser planeado e enquadrado no programa de treino.

 

O treino

 

FREQUÊNCIA: Número de sessões num determinado espaço de tempo.

 

DURAÇÃO: Tempo ocupado na sessão de treino.

 

  • O tempo apropriado nos treinos longos deve ser determinado antecipando a duração das corridas devendo ser iguais ou até ao dobro das mesmas.

 

FREQUÊNCIA + DURAÇÃO = VOLUME

 

INTENSIDADE: É o esforço despendido durante o treino.

VOLUME + INTENSIDADE = SOBRECARGA

 

Volume versus Intensidade

 

O que é mais importante, Volume ou Intensidade?

 

Depende do nível de experiência na actividade desportiva. Os iniciados melhorarão rapidamente se treinarem frequentemente e com durações relativamente mais altas. À medida que vão tendo mais experiência e melhor acondicionamento físico, os aumentos de volume têm cada vez menos impacto na performance e as variações na intensidade de treino tornam-se mais críticas."

 

 

Aqui fica um vídeo para vos aguçar o apetite:

 

 

 

 

 

 

 


Publicado por Eupedalo às 17:52
link do post | Adicionar aos favoritos
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


SUBSCREVER FEEDS

ACERCA

Este é o blog da MoveFree. Um blog dedicado a todas as pessoas que pedalam, dos profissionais aos amadores, dos que competem em cima de uma bicicleta aos que gostam de dar umas pedaladas com a família e amigos. Um blog inclusivo e que se compromete a partilhar noticías e informações dedicadas ao ciclismo, à natureza e sustentabilidade.

TAGS

2011

24h

24h of exposure

aldeias sos

amigos do pedal

ana galvão

andré egreja

apoio movefree

atleta movefree

audace

avalanche

bicicletas

bike performance center

bikesharing

bmc

brasil ride

bruno espinha

btt

c.o.o.

campanha

campanhas

campeão europeu

cape epic

ciclovias

codigo da estrada

competição

criança

david rosa

dolce vita tejo

downhill

ecologia

enduro series

equipas

estrada

eventos

festival bike

filomena gomes

fórum sintra

forum sintra

freestyle

iceland luso expedition

inovação

itinerários da memória

joana marques

joão barbosa

lisboa

lousã

mafra

mafra btt

malandros btt

maratona de sintra

maratonas

master class

metralhas btt

moda

motovedras

movefree

movefree factory team

movefree/shimano

movefree_

natal movefree

nuno machado

oestebike

oribtt

pardal

passatempo

passeio movefree

passeio nocturno

passeios

passeios de loja

passeios nocturnos

patagonia luso expedition

paulo guerra dos santos

pedro dias

pedro duque

pedro maia

produtos

promoções

raid btt

ribamar

ricardo mendes

rockhopper sl

são martinho

saúde

scott

scott scale 900 rc

segurança

sintra

site movefree

solidariedade

specialized

stumpjumper ht

tapada nacional de mafra

test bike

torres vedras

transalp

treinos

triatlo

tutorial

urbano

todas as tags

ARQUIVOS

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

LINKS