Segunda-feira, 27 de Maio de 2013

Passeio MoveFree Torres Vedras - 25 Maio

"Eram 8h15 da manhã de sábado dia 25/Maio, quando começaram a chegar à Movefree de Torres Vedras os primeiros Bttistas para mais um passeio de loja.

   A saída foi retardada, pois eram 9h00 e ainda estavam a chegar os últimos participantes. O bom tempo, sol toda a manhã, convidou os cerca de 25 Bttistas para um passeio descontraído e sempre com muito boa disposição.

   Não antes das 9h15, e depois da assinatura do livro de ponto, foi dada a ordem de partida. 

   O percurso foi de grau médio/baixo com cerca de 40km e 450mts D+, saímos em direcção à Ecopista de Torres Vedras, aproveitando os primeiros 8/9 km's para aquecer os músculos, rolando na Ecopista, chegámos à Ponte Rol onde começaram as primeiras dificuldades, as subidas...

Dentro dos trilhos em direcção às Palhagueiras, tivemos um "incidente" e pela primeira vez foi usado o Kit de 1os Socorros, nada de grave. Seguiu-se em direcção a A-dos-Cunhados, Vila Facaia, terminando junto à Escola Internacional de Torres Vedras. 

   Seguindo sempre com um espirito de camaradagem e companheirismo, de destacar a disponibilidade nos trilhos de todos os participantes, chegamos a Torres Vedras pelas 12h30. 

   Era visível nas caras dos participantes, a satisfação de mais um passeio bem conseguido."

 

Todas as fotos disponíveis em: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10151593546318711.1073741835.291029543710&type=1


Publicado por Eupedalo às 15:39
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Garmin Olimpico de Oeiras sagra-se Campeão Nacional de Duatlo de Clubes 2013

"Este fim-de-semana em Almeirim realizaram-se o Camp. Nac. Age-Groups de Duatlo e a última etapa do Camp. Nac. de Clubes de Duatlo 2013 no sistema de estafetas.

 

No sábado os atletas do clube obtiveram os seguintes resultados:

Marco Costa – Campeão Nac. 30-34 anos

Luis Almeida – Campeão Nac. 40-44 anos

Ana Henriques – Campeã Nac. 30-34 anos

Carlos Gomes – Vice-Campeão. Nac. 50-54 anos

Jorge Duarte – 4º Classificado 30-34 anos

Octávio Vicente – 5º Classificado 25-29 anos

 

No domingo, tínhamos a tarefa de defender a posição que ocupávamos no ranking nacional (1º lugar) e foi isso que aconteceu. Tivemos duas equipas masculinas e uma equipa feminina na luta pelos respetivos títulos com as equipas de SCP e SLB como os nossos mais diretos adversários.

 

Em masculinos fomos 4º classificados e em femininos 3ª classificadas posições estas que deram os pontos necessários para a obtenção dos títulos de CAMPEÕES NACIONAIS DE DUATLO 2013.

 

No sábado ainda tivemos a vitória do Afonso Garcia na prova aberta do Aquatlo de Algés e Luciano Dantas a subir a podium em VET2." por: Garmin Olímpico de Oeiras.

 

 


Publicado por Eupedalo às 15:24
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 17 de Maio de 2013

Passeio Nocturno Fórum Sintra - 15 de Maio de 2013

Fórum  »  Mem Martins  »  Lourel  »  Cabriz  »  Alpolentim  »  Ral  »  Mem Martins  »  Fórum

 

24 km


 

Mais um passeio nocturno, desta vez com 11 participantes, resultado de uma noite em que os resistentes a uma final europeia desfrutaram de um excelente passeio e que se juntaram para pedalar pelas bonitas paisagens de Sintra.

O percurso foi de cerca de 24 km, sendo de dificuldade técnica reduzida.

 

 

Apesar do vento que se fez  sentir, foi notório o já habitual convívio entre todos os participantes num ambiente animado e extremamente descontraído.

Depois da saída do Fórum Sintra, o grupo seguiu em direcção à vertente norte da serra de Sintra por Mem Martins, em direção ao Lourel, por estradão que os levou a Cabriz.

Por entre curvas singletracks e o vento que se fez sentir , subimos por  estradão, em direção a Alpolentim, e por estradão ao Ral, de onde rumamos , a Mem Martins e de regresso ao Fórum.

 


Publicado por Eupedalo às 15:16
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Entrevista a Pedro Maia, Campeão Europeu Master 50+ nas 24h of Exposure

Pedro Maia tornou-se este fim-de-semana Campeão Europeu na categoria 50+ nas 24 Hours of Exposure, uma prova de ultra-resistência de BTT. O Pedro é uma referência nacional na área do ciclismo e das provas de resistência em particular, com mais de 30 anos de carreira no fitness e diversos prémios nacionais e internacionais. Aqui fica uma pequena entrevista ao Pedro Maia acerca das "suas" 24h of Exposure e alguns conselhos para quem se quer aventurar nas provas de resistência: 

 

Nesta participação, qual o aspeto mais gratificante para ti?

 

- Foi o facto de ter alcançado um resultado que perseguia há já algum tempo  (3 anos) e que só agora foi possível com a criação de uma classe para atletas com de mais de 50 anos.

 

Qual a maior dificuldade que sentiste no percurso? Como geriste o esforço ao longo destas 24h?

 

- O percurso era muito equilibrado mas ao mesmo tempo desafiante com cerca de 10 km de distância adequado a uma prova com estas características onde a segurança tem como é óbvio, muita importância. A maior dificuldade que senti deveu-se ao facto de as temperaturas estarem baixas (chegaram de madrugada a atingir os 2º C) e ao aparecimento de chuva torrencial, acompanhada por granizo que veio complicar as zonas mais propensas a ficarem enlameadas.

A gestão do esforço é sempre de “trás para a frente”, ou seja começo  com uma intensidade “confortável” e acabo forte. A gestão é essencial e no inicio consegui um bom avanço que fui gerindo ao longo de toda a prova pedalando, com alguns períodos necessários de paragem, aproximadamente 23 horas e 19 minutos.

 

Como decorreu a tua preparação ao longo do ano para este evento?

 

Comecei a minha preparação em Novembro com um bom trabalho de Base aeróbica para depois orientar os treinos de forma a aumentar a minha potência no Limiar do Lactato. Mais tarde começo a aumentar os treinos de Endurance no Limiar do Lactato que é um fator importantíssimo num evento um evento deste tipo.

Na fase seguinte, faço treinos com intensidades próximas da prova mas NUNCA treino 24 horas seguidas, geralmente o máximo são 8 a 10 horas de treino. Tal como nas corridas começo na minha “zona de conforto” e acabo forte. Aproveito para praticar a minha perceção de esforço e intuição. Também utilizo a oportunidade para testar a alimentação na bicicleta, as paragens nas boxes, verificação da bicicleta, mudança de equipamento, etc. todos aqueles pormenores importantes que podem fazer aumentar ou baixar as minhas performances. (Treinos Longos em circuito/Simulação de Prova).

Por último chego á altura do meu plano mais específica em termos de corrida e é aqui que apreendo as necessidades e sinais que o meu organismo me vai transmitindo de forma a de uma maneira quase automática tomar decisões importantes rapidamente. Também é uma excelente oportunidade para fazer treinos noturnos de forma a testar as luzes e a técnica de pedalar na escuridão.

 

Como classificas o comportamento da Epic SW numa prova deste tipo? Escolherias outra bike para esta prova?

 

A EPIC 29er, parece que foi feita para este tipo de provas, além de extremamente segura, ágil e com uma performance sem igual, é de um conforto a toda a prova. Claro que podia escolher outra bike mas não seria a mesma coisa……..

 

O que recomendas a um atleta que queira participar nas 24h of Exposure?

 

Que comece com objetivos realistas e vá construindo aos poucos características físicas e mentais pra uma prova deste tipo, começar por eventos mais curtos e ir evoluindo para durações mais longas começando por fazer provas de 6 Horas depois aumentando para as de 12 horas para finalmente alcançar o sonho de competir durante um dia seguido, sempre ciente que os sonhos que são dificilmente alcançáveis, tornar-se-ão com o decorrer do tempo em fantasias. 

 

 

Parabéns Pedro!!!


Publicado por Eupedalo às 10:29
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 16 de Maio de 2013

Pedro Maia - campeão europeu Master 50+ nas 24h of exposure!


"Cheguei do Reino Unido depois de ter competido mais uma vez na 24 H of Exposure e consegui finalmente atingir o meu objetivo, ganhei a minha classe, tornando-me assim Campeão Europeu Master 50+ e ainda fiquei em quinto na Geral (Master).




Foi uma óptima jornada num sítio muito cool e cold pois estava muito frio com a  temperatura de madrugada a atingir os 2 graus Celsius e isto acompanhado de chuva, não foi fácil pois apesar de nas primeiras 6 horas ter conseguido duas voltas de avanço ao meu mais direto opositor, ele não me deu descanso e pedalei praticamente desde as12H00 de Sábado até ás 11H30 de Domingo para manter a distância mas valeu muito a pena.


Mais uma vez gostaria de  agradecer todo o apoio prestado e toda a confiança depositada em mim."


Parabéns Mestre Maia!!!!


Publicado por Eupedalo às 13:03
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 13 de Maio de 2013

Rescaldo 4ªEtapa Troféu Nacional BTT Enduro Vodafone

“No passado Domingo (5 de Maio) desloquei-me  à Lousã para disputar  a 4ª etapa do Troféu Nacional BTT Enduro Vodafone, tendo conseguido o 3º lugar na classe de Promoção.

Toda a organização do evento Fox Enduro Race estava excelente e a escolha do traçado foi muito boa. Tinha especiais muito completas, com zonas rápidas e bastante  fluidas e zonas mais lentas com pequenas subidas desafiantes dado o esforço acumulado no desenrolar da prova.

Entrei bastante forte no evento  tendo conseguido ganhar a 1ª PEC mas depois com pequenos erros e algum cansaço fui afastado da liderança.

No entanto,  considero que tive um bom desempenho numa prova bastante exigente em termos físicos  pois tinha 5 PEC’s,  o que somou mais de 35 minutos de troço cronometrado e estava a alinhar na classe com mais participantes, neste evento que bateu o recorde, com mais de 160 atletas de varias nacionalidades, onde obtive o 16º posto da Geral.

 

 

Um agradecimento à loja Movefree de Almada pelo apoio prestado! “

 

João Zuzarte Reis  #855


Publicado por Eupedalo às 16:13
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 10 de Maio de 2013

Test Bike - Scott Scale 900 RC - por David Rosa

Aqui fica um test bike do David Rosa à Scott Scale 900 RC, a sua bike de competição. A análise do David centra-se sobretudo no quadro, porque alguns dos componentes foram modificados especificamente para melhorar o seu estilo de condução. Aqui fica a sua opinião acerca desta bike:

"Após já ter testado a Scott Scale 920 e a Scott Scale 910, faço aqui uma análise à Scott Scale 900 RC, a minha bike de competição. A principal diferença entre a 900 RC e a 910/920 é justamente o carbono, utiliza fibras HMX em vez das HMF. Bem, mas que raio quer isso dizer? Colocando a informação em termos muito simples, a fibra HMX é mais avançada pois através de um tratamento diferente ao carbono consegue-se um aumento de rigidez na ordem dos 20%, com utilização nas zonas que necessitam mais desse aumento de rigidez. Através da utilização deste carbono todo o conjunto consegue ficar mais leve e com uma mudança no comportamento que é notável. Quão mais leve fica o quadro HMX? Vejamos, o 910 (HMF) pesa 1150 gramas, o 900 RC (HMX) no mesmo tamanho pesa 949 gramas… portanto ~200 gramas num quadro, não é coisa pouca! Tendo em conta que a gama RC foi criada para competição, onde cada grama conta, a Scott conseguiu dar um passo muito grande.

 

 

Consegui fazer um teste a incidir muito na diferença dos quadros pois tanto a 910 como a 900 foram testadas com um grupo Shimano XTR (eliminando a variável da diferença de transmissão), e para aproximar ainda mais as duas, usei as rodas da 910 (Syncros XR 2.0) também na 900 RC, pois é claro que a diferença das rodas de uma para a outra fariam uma grande diferença. Apesar de me terem avisado de antemão que o 900 RC tinha um comportamento muito diferente do 910, teimoso como sou, não acreditei.

 

Quando recebi a 900 RC fui fazer um treino de BTT na zona de Fátima em trilhos com muita rocha e outro num circuito que idealizei no Jamor, com bastantes variações de ritmo, saltos e trilhos que precisam de alguma condução. Não estava à espera que o comportamento fosse tão diferente, para melhor. Tem simplesmente uma diferença enorme no que toca a variações de velocidade e, muito para minha surpresa, no conforto. Não só há uma diferença óbvia no peso da bike, mas na própria reacção desta a arranques mais explosivos. Na minha opinião a diferença entre os dois tipos de carbono, apesar de à primeira vista parecer insignificante, no terreno traduz-se em tempo ganho numa competição.

 

Ao nível a que corremos hoje em dia, cada segundo conta e cada grama faz a diferença. Para quem procura uma bike de competição para vencer a RC 900 é a escolha certa."

 

- texto por David Rosa


Publicado por Eupedalo às 17:32
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 9 de Maio de 2013

Test Bike - BMC TeamElite TE01 29" por Hélder Miranda

Pedimos ao Hélder Miranda para escrever algumas linhas sobre o comportamento da BMC TeamElite TE01 que o levou a cruzar em primeiro a linha da meta na Maratona de Portalegre 2013. Aqui ficam as palavras do Hélder sobre esta bike, com que está a correr na época de 2013:

 

 

 

Agora que já estão cumpridos alguns treinos e 4 maratonas é chegada a altura de escrever algumas linhas sobre o comportamento da minha BMC Team Elite. Até agora, esta bicicleta tem estado a ser uma agradável surpresa pelo seu comportamento no terreno. Após a adaptação inicial  à geometria da bicicleta e de começar a ganhar confiança na sua condução, esta bike tem permitido obter muito boas performances, não comprometendo em nenhum tipo de terreno. É extremamente rápida a rolar e a descer, fruto da sua superior distancia entre eixos, o que faz também com que seja, ao mesmo tempo, mais confortável em terrenos mais duros. A BMC Teamelite atinge uma rigidez torcional invejável: sempre que tenho de adoptar a posição em pé, ela "dispara" e progride muito rapidamente sem que aqui se faça notar o factor comprimento!

 

 

Quanto ao grupo, o Sram XX tem estado ao seu melhor nível, tanto a nível de transmissão como de travões, nunca tendo comprometido a minha performance e mantendo sempre as afinações.

 

 

Por ser uma bicicleta rígida, poderia ser também ela muito dura na sua parte traseira e provocar as sempre incómodas dores de costas em distâncias mais longas e terreno mais duro mas, neste caso, com a colocação da escora traseira bastante abaixo em relação ao top tube, a bike ganha um conforto invejável mas, mais uma vez,sem que tenha qualquer perca de rendimento - é, sem dúvida a bicicleta rígida com maior conforto a nível traseiro que já testei.

 

Aqui fica um pequeno vídeo acerca da TeamElite TE01:

 

 

 

 

 


Publicado por Eupedalo às 14:34
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

SUBSCREVER FEEDS

ACERCA

Este é o blog da MoveFree. Um blog dedicado a todas as pessoas que pedalam, dos profissionais aos amadores, dos que competem em cima de uma bicicleta aos que gostam de dar umas pedaladas com a família e amigos. Um blog inclusivo e que se compromete a partilhar noticías e informações dedicadas ao ciclismo, à natureza e sustentabilidade.
Eu Pedalo on Facebook

TAGS

2011

24h

24h of exposure

aldeias sos

amigos do pedal

ana galvão

andré egreja

apoio movefree

atleta movefree

audace

avalanche

bicicletas

bike performance center

bikesharing

bmc

brasil ride

bruno espinha

btt

c.o.o.

campanha

campanhas

campeão europeu

cape epic

ciclovias

codigo da estrada

competição

criança

david rosa

dolce vita tejo

downhill

ecologia

enduro series

equipas

estrada

eventos

festival bike

filomena gomes

fórum sintra

forum sintra

freestyle

iceland luso expedition

inovação

itinerários da memória

joana marques

joão barbosa

lisboa

lousã

mafra

mafra btt

malandros btt

maratona de sintra

maratonas

master class

metralhas btt

moda

motovedras

movefree

movefree factory team

movefree/shimano

movefree_

natal movefree

nuno machado

oestebike

oribtt

pardal

passatempo

passeio movefree

passeio nocturno

passeios

passeios de loja

passeios nocturnos

patagonia luso expedition

paulo guerra dos santos

pedro dias

pedro duque

pedro maia

produtos

promoções

raid btt

ribamar

ricardo mendes

rockhopper sl

são martinho

saúde

scott

scott scale 900 rc

segurança

sintra

site movefree

solidariedade

specialized

stumpjumper ht

tapada nacional de mafra

test bike

torres vedras

transalp

treinos

triatlo

tutorial

urbano

todas as tags

ARQUIVOS

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

LINKS