Sábado, 17 de Julho de 2010

TEAM MOTOVEDRAS - 1ª etapa do CRAFT BIKE TRANSALP - concluída

Estimados

 

Serve o presente para vos passar as sensações do TEAM MOTOVEDRAS durante a primeira etapa do CRAFT BIKE TRANSALP 2010

 

Sei que o dia correu bem e que neste momento ocupam um excelente 100º lugar da categoria Homens. Mas aqui fica o relato em directo e na primeira pessoa através das palavra do Diogo Casado Vieira e do Bruno Espinha:

 

"A alvorada foi madrugadora, acordámos às 5h30, mas estas são as condicionantes naturais de dormir num pavilhão com mais umas centenas de atletas, o segredo é deitar o mais cedo possível.

Tivemos que esperar cerca de uma hora (de facto não tínhamos mas pareceu-nos mais prudente) depois de já estarmos despachados e com as malas prontas para serem carregadas na carrinha que as transporta para a o local de chegada da etapa (Imst).

Malas carregadas, partimos para a zona do pequeno-almoço (a mesma do “Pasta Party” de ontem. Havia tudo o que a mim me parece necessário para uma boa refeição pré-prova, fruta e comida mais do que suficiente.

Agora é tempo de levantar as bicicletas que pernoitaram no parque fechado (“Parc Ferme”) e ir para o local de partida que se situa numa das mais importantes vias desta cidade bávara e esperar cerca de hora e meia para arrancarmos.

O afastamento da linha de partida não nos permitiu ouvir a maior parte dos comentários, nem tão pouco a música “Highway to hell” que é apanágio das partidas de todas as etapas do Transalp, no entanto conseguimos ouvir antes de partir o tema “I will survive”.

9h30: partida, ou melhor largada de “toiros e cavalos”, impressionante o ritmo a que o pelotão arrancou e a forma como foi passando pelas ruas da cidade de Füssen para depois rumar ao castelo de Hohenschwangau e entrar no bosque.

Nos primeiro kms nós limitámo-nos a gerir e progredir sem arriscar qualquer colisão porque o aglomerado de atletas era extremamente propício para tal, por exemplo um dos elementos da equipa Sram Factory Team (Coimbra) ficou com duas valentes escoriações na perna direita depois de ter sido empurrado para cima de uma vedação.

O ritmo continuou altíssimo, na primeira hora de prova estávamos com uma média de 27 km/h, porque tanto o piso como as subidas pouco pronunciadas o permitiam.

Ao km 50 começa a grande dificuldade da primeira etapa com a ascensão de 800 mts em 6 kms para chegar a Marienbergjoch. Fomos trepando e passando alguns atletas mais ofegantes (a meio da subida lembrei-me que já tinha estado naquele sitio mas dessa vez tinha subido de teleférico, de qualquer forma só me vinha à cabeça a inclinação e os arrepios que tinha tido com os pés quase a roçar nos pinheiros).

Como tudo o que sobe desce, a descida foi rápida mas bastante controlada porque o piso era pedregoso com areia (usámos o excelente colete impermeável da Cofides que nos manteve a uma excelente temperatura na descida).

Os últimos kms foram feitos mais ao menos ao ritmo dos primeiros, muito rápidos para não apanharmos com a carga de água que se adivinhava pelas gotículas que já iam caindo (eu sou particularmente sensível a estas).

Mal chegámos a Imst caiu um dilúvio, que no entanto foi bastante fugaz.

Durante esta etapa sentimo-nos muito bem tanto a nível físico, com o apoio dos suplementos da Carboom, como a nível de condução onde as nossas Specialized Epic S-works tiveram um comportamento irrepreensível tanto na facilidade a trepar como na precisão a descer."

--
Nuno Machado
EPIC RIDER


Publicado por Eupedalo às 21:29
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

SUBSCREVER FEEDS

ACERCA

Este é o blog da MoveFree. Um blog dedicado a todas as pessoas que pedalam, dos profissionais aos amadores, dos que competem em cima de uma bicicleta aos que gostam de dar umas pedaladas com a família e amigos. Um blog inclusivo e que se compromete a partilhar noticías e informações dedicadas ao ciclismo, à natureza e sustentabilidade.

TAGS

2011

24h

24h of exposure

aldeias sos

amigos do pedal

ana galvão

andré egreja

apoio movefree

atleta movefree

audace

avalanche

bicicletas

bike performance center

bikesharing

bmc

brasil ride

bruno espinha

btt

c.o.o.

campanha

campanhas

campeão europeu

cape epic

ciclovias

codigo da estrada

competição

criança

david rosa

dolce vita tejo

downhill

ecologia

enduro series

equipas

estrada

eventos

festival bike

filomena gomes

fórum sintra

forum sintra

freestyle

iceland luso expedition

inovação

itinerários da memória

joana marques

joão barbosa

lisboa

lousã

mafra

mafra btt

malandros btt

maratona de sintra

maratonas

master class

metralhas btt

moda

motovedras

movefree

movefree factory team

movefree/shimano

movefree_

natal movefree

nuno machado

oestebike

oribtt

pardal

passatempo

passeio movefree

passeio nocturno

passeios

passeios de loja

passeios nocturnos

patagonia luso expedition

paulo guerra dos santos

pedro dias

pedro duque

pedro maia

produtos

promoções

raid btt

ribamar

ricardo mendes

rockhopper sl

são martinho

saúde

scott

scott scale 900 rc

segurança

sintra

site movefree

solidariedade

specialized

stumpjumper ht

tapada nacional de mafra

test bike

torres vedras

transalp

treinos

triatlo

tutorial

urbano

todas as tags

ARQUIVOS

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

LINKS