Segunda-feira, 22 de Outubro de 2012

Diário do Brasil Ride, por Pedro Duque (III)

"Etapa 3 - 35 kms, 763 m D+

 

Etapa de XC, com um circuito de 7 kms. Nesta etapa as duplas não tinham que andar juntas, sendo que o vencedor seria quem terminasse primeiro 5 voltas ao percurso, terminando aí a etapa para todos os atletas. Os atletas que não cumprissem 5 voltas, teriam que terminar pelo menos 1 e as restantes ficariam com o mesmo tempo da pior volta realizada pelo atleta.

Visto que já estava desclassificado, optei por não participar nesta etapa. Aproveitei para recuperar fisicamente e assentar ideias (ainda não estava refeito da frustração do dia anterior). Fiz ainda uma massagem que me deixou dorido mas que verifiquei, foi fundamental para a minha recuperação.

 

 

Etapa 4 - 81,5 kms, 2.343 m D+

 

No dia anterior decidi que, por cautela, deveria realizar esta etapa como sendo uma etapa de recuperação. Estava com medo de ter novamente caibras, apesar de já não ter indícios nesse sentido.

Optei por fazer uma saída mais lenta e fui na companhia dos Bike Angels Sérgio Rosado e Paulo Quintans. Rapidamente percebi que o estranho ataque das "piranhas" tinha passado e que me sentia bem, com bastante força até!

Este foi um dia marcado pelos distúrbios intestinais de grande parte do pelotão! Frequentemente encontrávamos "bicicletas abandonadas", encostadas às arvores, enquanto os atletas se encontravam no meio da vegetação. Alguns tiveram que parar mais de cinco vezes neste dia!!

Outra característica que marcou a etapa, foi o calor constante... No próprio dia a Organização informou que tinha sido registados 50 graus como temperatura máxima. Na altura achei exagerado, mas já em Lisboa, quando descarreguei a informação do GPS pude constatar que realmente a temperatura máxima tinha sido essa!!! 50 graus! "Nossa, assim você me mata"!!

 

 

 

Etapa 5 - 128 kms, 1.750 m D+

 

Nesta etapa faríamos o regresso ao acampamento de Mucugê.

Esta foi uma etapa à minha medida! Sentia-me muito bem fisicamente e com vontade de mostrar a mim próprio que estava "de volta".

No dia anterior, e apesar de desclassificados, os nossos tempos foram contabilizados. Como o Nélson optou por seguir a um ritmo diferente do meu, chegámos com uma diferença superior a 2 minutos, o que nos custou uma penalização de 1h... Neste dia, decidimos que quem chegasse primeiro a cada Ponto de Controle deveria esperar pelo outro, caso não estivéssemos juntos. E assim foi.

Nos últimos 40/50 kms o Nélson começou a quebrar e a preocupação era que os últimos 30 kms, apesar de relativamente planos, tinha um vento "contra" muito forte, e que se o combatêssemos os dois sozinhos poderia tornar-se penoso. Juntámos assim um grupo para dividir as "despesas" de puxar contra o vento.

O facto de estar desclassificado acabou por me permitir fazer coisas que normalmente não fazemos numa prova (pelo menos eu não faço). Tirei fotografias, conheci muita gente enquanto pedalava e, neste dia, tomei um banho espectacular numa cachoeira!!

 

 

Etapa 6 - 119 km, 1.500 m D+

 

Etapa semelhante à do dia anterior. Muito rolante, com parte do acumulado de subida concentrado entre os kms 70 e 90. A partir daí seria exactamente igual à Etapa 5.

Com 15 kms de asfalto logo de inicio, saímos muito rápido, apesar do forte vento que se fazia sentir. Nestas situações é importante encontrar um grupo com um andamento semelhante ao nosso para nos sentirmos confortáveis e não nos custar tanto a deslocação contra o vento.

Até ao segundo abastecimento tudo estava a correr como previsto. No entanto aqui dei-me conta que tinha um raio partido na roda traseira... Sem stress, disse ao Nelson que ficava por ali e que ia num carro de apoio. Afinal o que restava da etapa era igual ao dia anterior. Percebi pela cara do Nelson que o preocupava ter que terminar com o vento "contra" sozinho sem a minha ajuda, por isso fiquei a reparar a roda no apoio técnico enquanto ele seguiu com amigos que fizemos entretanto. Ficou comigo um grupo  de amigos portugueses, com quem segui a partir daqui.

Ao km 90, no último abastecimento, lá estava o Nelson à minha espera. Disse-lhe para ir seguindo que já o apanhava, pois não tinha coragem de deixar o grupo com quem tinha chegado.

Os últimos 30 kms, contra o vento, foram um teste à minha capacidade física. Puxei pelo grupo, mais os atletas que íamos passando e que se juntavam. Éramos mais de 20 atletas a "rolar" entre os 30 e os 35 km/h. Lá atrás gritava-se "mais devagar", mas eu queria chegar o quanto antes e se eu estava a sofrer, tínhamos que sofrer todos!!

A 1 km da meta estava o Nelson à minha espera para chegarmos juntos e não levarmos mais uma hora de penalização!"

Grande dia este!!!

 

- Texto escrito por Pedro Duque


Publicado por Eupedalo às 21:25
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

SUBSCREVER FEEDS

ACERCA

Este é o blog da MoveFree. Um blog dedicado a todas as pessoas que pedalam, dos profissionais aos amadores, dos que competem em cima de uma bicicleta aos que gostam de dar umas pedaladas com a família e amigos. Um blog inclusivo e que se compromete a partilhar noticías e informações dedicadas ao ciclismo, à natureza e sustentabilidade.
Eu Pedalo on Facebook

TAGS

2011

24h

24h of exposure

aldeias sos

amigos do pedal

ana galvão

andré egreja

apoio movefree

atleta movefree

audace

avalanche

bicicletas

bike performance center

bikesharing

bmc

brasil ride

bruno espinha

btt

c.o.o.

campanha

campanhas

campeão europeu

cape epic

ciclovias

codigo da estrada

competição

criança

david rosa

dolce vita tejo

downhill

ecologia

enduro series

equipas

estrada

eventos

festival bike

filomena gomes

fórum sintra

forum sintra

freestyle

iceland luso expedition

inovação

itinerários da memória

joana marques

joão barbosa

lisboa

lousã

mafra

mafra btt

malandros btt

maratona de sintra

maratonas

master class

metralhas btt

moda

motovedras

movefree

movefree factory team

movefree/shimano

movefree_

natal movefree

nuno machado

oestebike

oribtt

pardal

passatempo

passeio movefree

passeio nocturno

passeios

passeios de loja

passeios nocturnos

patagonia luso expedition

paulo guerra dos santos

pedro dias

pedro duque

pedro maia

produtos

promoções

raid btt

ribamar

ricardo mendes

rockhopper sl

são martinho

saúde

scott

scott scale 900 rc

segurança

sintra

site movefree

solidariedade

specialized

stumpjumper ht

tapada nacional de mafra

test bike

torres vedras

transalp

treinos

triatlo

tutorial

urbano

todas as tags

ARQUIVOS

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

LINKS