Terça-feira, 17 de Julho de 2012

Test Bike - Specialized Tarmac SL2 Comp

Recentemente tornada de um Iron Man em Nice, a IronMena deixa-nos as suas impressões sobre a Tarmac SL2 Comp que utilizou para completar a parte de ciclismo dessa prova de triatlo de alta resistência. Isto enquanto não embarca noutra aventura: em breve poderemos acompanhar as aventuras da Filomena e do Ricardo Mendes na Iceland Luso Expedition - mais informações em https://www.facebook.com/IcelandLusoExpedition.

Aqui fica a Tarmac testada pela Filomena:

 

 

Utilizadora: 

Filomena Gomes. 14 anos de experiência de bicicleta, cerca de 7 em bicicleta de estrada. Não costumo andar com grupos definidos, mas sim com amigos variados e companheiros de equipa (Triatlo/Duatlo). Fui Finisher na TransPortugal Garmin 2007 e Finisher em 3 Ironman, um deles com o apoio Movefree. Os treinos ou voltas que gosto de fazer são, de preferência, longos! Gosto de passar muitas horas em cima da bicicleta, em treino com paragens obrigatórias para reabastecer nalguma tasca deste nosso belo país. Eu pedalo para treinar, mas também para passear!

 

Bicicleta de teste:

SPECIALIZED TARMAC SL2 COMP, utilizada intensamente nos meses de Maio e Junho, na preparação para o Ironman France-Nice.

 

 

Tipo de terreno, andamento, topografia, estado do terreno:

Alfalto em estados variados: bom, razoável e mau. As estradas portuguesas são um bom teste para qualquer bicicleta! Pedalei sobretudo em montanha, salvo alguns triatlos em que participei, cujos segmentos de ciclismo são normalmente rolantes e em circuito. Relativamente ao Ironman, a prova disputou-se nos Alpes mediterrânicos, pelo que se tratava de um percurso duro e exigente.

 

 

Look and feel da bicicleta:

Estética elegante e atraente. Quadro e forqueta em carbono, geometria SL2. Espigão de selim em carbono com inserções de gel. Transmissão Shimano 105 integral (manípulos incluídos), conjunto pedaleiro compacto 50/34, cassete 11/28. Rodas Fulcrum Racing 6, pneus Specialized Turbo Elite.

 

Experiência de utilização. 

Quando utilizei a bicicleta pela 1ª vez, senti-me logo incrivelmente bem. O tamanho e postura na bicicleta foram totalmente adequados, apesar de se tratar de uma bicicleta agressiva. A Tarmac é surpreendentemente ágil, nervosa, feita para rolar e devorar quilómetros a grande velocidade. A inércia que lhe é própria advém da facilidade com que “embala”. No entanto, é uma bicicleta extraordinariamente confortável, o que resulta de uma geometria impecável, aliada a um conjunto rodas/pneus de desempenho superior, e ajudado pelo espigão de carbono com inserções.

Ao utilizá-la pela 1ª vez ainda sem ciclómetro, nem queria acreditar que tinha feito 100kms, quase sem dar por isso! O conforto e a sua natureza nervosa fazem com que o tempo em cima do selim não se faça sentir.

Em subidas, o conjunto pedaleiro compacto e a cassete generosa (com 28 dentes) ajudam a subir progressivamente sem acumular muito ácido láctico. As desmultiplicações que este conjunto oferece são os ideais para a montanha.

Assim como sobe muito bem, também desce veloz, sendo segura e oferecendo confiança ao ciclista. Em plano está lindamente, a sua agressividade sobressai sobretudo em percursos rápidos e rolantes.

 

Componentes:

Todos os componentes tiveram um desempenho superior, apesar de a bicicleta vir originalmente equipada com um pedaleiro 53/39. No entanto, tendo em conta o percurso de montanha a que se destinava, optou-se por um pedaleiro compacto. De realçar a excelente qualidade e conforto dos pneus Specialized Turbo, bem como de um outro pormenor, mas que oferece um conforto e “grip” acrescido: as fitas de guiador Specialized Roubaix.

 

Mas é o quadro que mais se destaca: a ergonomia, geometria, estética e elegância da SL2 é mais que conhecida, testada e reconhecida. É o elemento fulcral da Tarmac, existindo já, no entanto, evoluções do mesmo, mas sendo este um quadro de referência.

 

 

Esta bicicleta é perfeita para:

Quem procura um misto de velocidade sem penalizar demasiado o conforto. É uma bicicleta muito agressiva, mas que não castiga o seu utilizador. É, por isso uma grande aposta para competição (no caso, triatlo) ou treinos de exigência superior, mas sem nunca descurar as imensas horas que se passa em cima da bicicleta.  

 

 

Avaliação final:

Excelente. De tal forma, que estou a ter problemas em me readaptar à minha própria bicicleta, na qual sempre me senti bem! A grande mais-valia da Tarmac é a harmonia e a o compromisso entre agressividade e conforto. Não há muitas bicicletas assim…

 

 

De 15 de junho a 31 de agosto, aproveite as promoções Movefree e faça-se à estrada. Aposte na leveza e rigidez das premiadas Specialized Tarmac ou na gama Roubaix e Secteur, desenhadas para a endurance e longas distâncias, com descontos até aos 20%*.

E para que possa obter um melhor rendimento e conforto da sua bicicleta de estrada, na compra de uma bicicleta de estrada neste período, receba de oferta uma prova de esforço e avaliação física, realizada no novo Movefree Bike Performance Center*.

Acompanhe as grandes voltas e apaixone-se pela estrada com a Movefree!


Publicado por Eupedalo às 17:58
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

SUBSCREVER FEEDS

ACERCA

Este é o blog da MoveFree. Um blog dedicado a todas as pessoas que pedalam, dos profissionais aos amadores, dos que competem em cima de uma bicicleta aos que gostam de dar umas pedaladas com a família e amigos. Um blog inclusivo e que se compromete a partilhar noticías e informações dedicadas ao ciclismo, à natureza e sustentabilidade.
Eu Pedalo on Facebook

TAGS

2011

24h

24h of exposure

aldeias sos

amigos do pedal

ana galvão

andré egreja

apoio movefree

atleta movefree

audace

avalanche

bicicletas

bike performance center

bikesharing

bmc

brasil ride

bruno espinha

btt

c.o.o.

campanha

campanhas

campeão europeu

cape epic

ciclovias

codigo da estrada

competição

criança

david rosa

dolce vita tejo

downhill

ecologia

enduro series

equipas

estrada

eventos

festival bike

filomena gomes

fórum sintra

forum sintra

freestyle

iceland luso expedition

inovação

itinerários da memória

joana marques

joão barbosa

lisboa

lousã

mafra

mafra btt

malandros btt

maratona de sintra

maratonas

master class

metralhas btt

moda

motovedras

movefree

movefree factory team

movefree/shimano

movefree_

natal movefree

nuno machado

oestebike

oribtt

pardal

passatempo

passeio movefree

passeio nocturno

passeios

passeios de loja

passeios nocturnos

patagonia luso expedition

paulo guerra dos santos

pedro dias

pedro duque

pedro maia

produtos

promoções

raid btt

ribamar

ricardo mendes

rockhopper sl

são martinho

saúde

scott

scott scale 900 rc

segurança

sintra

site movefree

solidariedade

specialized

stumpjumper ht

tapada nacional de mafra

test bike

torres vedras

transalp

treinos

triatlo

tutorial

urbano

todas as tags

ARQUIVOS

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

LINKS