Segunda-feira, 28 de Maio de 2012

IronMena - promover a "Dádiva de Sangue" no Ironman de Nice

Filomena Gomes, ou IronMena, vai participar no Ironman de Nice, sul de França, no próximo dia 24 de Junho de 2012, promovendo ao mesmo tempo a causa da Dádiva de Sangue. A MoveFree apoia esta aventura e esta causa, e fomos tentar saber as motivações e a preparação desta atleta amadora para esta grande prova de endurance.

 

 

 

 

MoveFree (MF): Primeiramente, o que é um Ironman?

Filomena Gomes (FG): Um Ironman é uma prova de Triatlo de longa distância, composta por 3 segmentos, por esta ordem: 3800mts de Natação, 180kms de Ciclismo e 42.195mts (maratona) de corrida. Não há paragens entre as 3 disciplinas, excepto para as transições, que podem ser de segundos ou minutos, consoante a rapidez e à-vontade do atleta. Numa prova tão longa, são sempre de, pelo menos, 2 ou 3 minutos para troca de material ou equipamento.

 

MF: É a 1ª vez que o fazes?

FG: Não, já completei 2 provas da mesma distância nos 2 últimos anos, este é o 3º. No entanto, é o 1º em que participo da liga oficial com a marca registada “Ironman”, sendo que é uma prova que atribui vagas (consoante o resultado relativamente aos primeiros classificados de cada escalão) para a final do Campeonato do Mundo de Ironman no Havai. Por isso, é uma prova muito disputada pela nata do triatlo mundial, e que contará também com a presença do conhecido Lance Armstrong.

 

MF: Quais são as tuas expectativas para esta prova, face ao tipo de traçado que vais encontrar?

FG: Bom, as minhas expectativas é realmente terminar, com o menor sofrimento possível! Isto porque se trata de uma prova com ciclismo em montanha (Alpes mediterrânicos), em que espero que a Specialized SL2 que a MoveFree me vai ceder seja uma enorme ajuda! A natação é no Mediterrâneo, por norma calmíssimo, e é no ciclismo que terei de gerir muito bem o esforço, a hidratação e a nutrição para poder chegar à maratona com o menor estrago possível. Claro que o estrago vai estar lá, devido ao acumulado e aos longos quilómetros. Por isso, terei de encarar a maratona como “sobrevivência”, pois o desgaste será enorme.

 

MF: Como te preparas para um evento desta natureza? O MoveFree Bike Performance Center tem-te ajudado a fazer evoluir o teu treino?

FG: Sendo eu uma amadora e tendo que trabalhar por conta de outrém, tento encaixar os treinos na hora de almoço, e/ou bastante cedo ou ao fim do dia. Por norma, nado na hora de almoço e ainda faço mais um treino de corrida ou de indoor cycling no final do dia. Deixo os treinos longos de bicicleta para o fim-de-semana, e se puder faço também um treino de natação em águas abertas, com fato de neoprene. Também costumo, após um treino longo de bicicleta, fazer logo de seguida uns 15 minutos de corrida, para habituar os músculos à mudança de modalidade, o que custa bastante! O Bike Performance Center ajuda certamente porque me pode fornecer um plano de treinos integrado para as 3 disciplinas, não descurando nenhuma das componentes. Além disso, a nutrição tem na modalidade do triatlo uma importância ainda mais acrescida face a qualquer outra disciplina, pois trata-se de treinar forte, mas também de recuperar muito bem para poder continuar a treinar de forma sensata e produtiva. Aqui também entra a massagem de recuperação que o BPC proporciona. Em suma, treinar Triatlo sem treinador ou sem orientação, é quase impossível, e daí este centro ser uma grande mais-valia para qualquer triatleta.

 

 

MF: Como surgiu a ideia de promoveres a Dádiva de Sangue?

FG: Julgo que todos nós nos últimos tempos temos ouvido falar da escassez do sangue disponível nos hospitais. Tem havido frequentes apelos à dádiva e é um tema que tem sido muito falado nos media ultimamente. A minha ideia surgiu exactamente por estar atenta e me ter apercebido do que se passava. Sendo dadora, pensei logo “o que posso eu fazer, para além de dar sangue, para ajudar esta causa?” e de imediato pensei em colocar a minha participação ao serviço desta causa. Foi um desejo altruísta de fazer com que a prova deixasse de ser meramente individual, e passasse a servir uma causa colectiva.

 

MF: Como é que as pessoas podem apoiar a tua participação e a causa da dádiva de sangue?

FG: É muito simples: dando sangue! Se já forem dadores, é fazendo uma dádiva, até se possível no dia da minha prova (24 de Junho) ou noutro dia, em qualquer centro de colheita perto da sua área de residência. Se ainda não forem dadores, é tornarem-se dadores, dirigindo-se a um centro de colheita próximo (hospitais, IPO, IP Sangue, etc.). É muito simples e relativamente rápido, não exige burocracias e é tão pouco o que podemos fazer por outra pessoa, quem sabe até salvar uma vida!

 

----

 

Podem encontrar mais informações sobre este projecto em:

 

https://www.facebook.com/IronMenaNice

http://ironmenanice.blogspot.pt/

 

 

 

Mais informações sobre a dádiva de sangue em: http://ipsangue.org/ipsangue2011/

 

 


Publicado por Eupedalo às 15:10
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

SUBSCREVER FEEDS

ACERCA

Este é o blog da MoveFree. Um blog dedicado a todas as pessoas que pedalam, dos profissionais aos amadores, dos que competem em cima de uma bicicleta aos que gostam de dar umas pedaladas com a família e amigos. Um blog inclusivo e que se compromete a partilhar noticías e informações dedicadas ao ciclismo, à natureza e sustentabilidade.
Eu Pedalo on Facebook

TAGS

2011

24h

24h of exposure

aldeias sos

amigos do pedal

ana galvão

andré egreja

apoio movefree

atleta movefree

audace

avalanche

bicicletas

bike performance center

bikesharing

bmc

brasil ride

bruno espinha

btt

c.o.o.

campanha

campanhas

campeão europeu

cape epic

ciclovias

codigo da estrada

competição

criança

david rosa

dolce vita tejo

downhill

ecologia

enduro series

equipas

estrada

eventos

festival bike

filomena gomes

fórum sintra

forum sintra

freestyle

iceland luso expedition

inovação

itinerários da memória

joana marques

joão barbosa

lisboa

lousã

mafra

mafra btt

malandros btt

maratona de sintra

maratonas

master class

metralhas btt

moda

motovedras

movefree

movefree factory team

movefree/shimano

movefree_

natal movefree

nuno machado

oestebike

oribtt

pardal

passatempo

passeio movefree

passeio nocturno

passeios

passeios de loja

passeios nocturnos

patagonia luso expedition

paulo guerra dos santos

pedro dias

pedro duque

pedro maia

produtos

promoções

raid btt

ribamar

ricardo mendes

rockhopper sl

são martinho

saúde

scott

scott scale 900 rc

segurança

sintra

site movefree

solidariedade

specialized

stumpjumper ht

tapada nacional de mafra

test bike

torres vedras

transalp

treinos

triatlo

tutorial

urbano

todas as tags

ARQUIVOS

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

LINKS