Segunda-feira, 27 de Dezembro de 2010

Videos finalistas do passatempo "Eu pedalo"

 

Já foram escolhidos os vencedores do passatempo de vídeo "Eu pedalo"!

Os vencedores já foram contactados por e-mail e irão receber o seu prémio num evento que irá decorrer na nossa loja do Dolce Vita Tejo no próximo dia 9 de Janeiro, pelas 15:30 e para o qual estão todos desde já convidados!

Aqui fica a lista final e respectivos vídeos:

 

1º - Rui Miguel Silva Alves Santos - Eu pedalo por tudo e por nada

 

 

 

 

2º - Yury Jason Correia - Eu pedalo em Sines, e tu?

 

 

 

 

3º - Dário Filipe Nascimento Santos - Eu pedalo pela Liberdade…

 

 

 

 

 

 

4º ao 10º classificados (sem ordem específica):


Fábio Francisco - Eu pedalo e vivo com a bicicleta

 

 

 

 

Paulo Jorge Silveira Désirat - Eu pedalo pelo gozo que dá pedalar

 

 

 

 

Pedro Simoes Alves - Eu pedalo para longe

 

 

 

 

 

 

 

Miguel Carmo - Eu pedalo para ganhar

 

 

 

 

Alexandre Elias - Eu Pedalo por onde me apetece!

 

 

 

 

José António Marques Baptista - Eu Pedalo para uma Aventura

 

 

 

 

 

Bruno Ricardo da Silva J Batalha - eu pedalo por... puro prazer

 

 

 

 

Parabéns aos vencedores!

 

Boas pedaladas!


Publicado por Eupedalo às 16:48
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 21 de Dezembro de 2010

Exemplos a seguir

O blog cycling tips lançou este artigo sobre algumas coisas que tornam os profissionais do pedal superiores na sua performance. São pequenas diferenças que separam os melhores dos melhores.

 

Foto: Dana Lokadoo

 


1. Eles giram. Oh, se giram ! Atingem as 100 rpm e nunca, nunca param. Não é que eles andem necessariamente depressa, mas eles estão sempre a pedalar, girando as pernas a um ritmo agradável . Quando se pergunta a treinadores qual o aspecto mais importante do ciclismo, eles vão dizer que é pedalar. Parece muito simples, mas não há nada que seja mais verdade.

 

2. Eles não martelam. Pedalam de forma casual até ao local do treino, tudo muito suave e fácil . muitas vezes uma paragem para tomar nalgum lugar. Isto não será verdade durante toda a temporada, mas é surpreendente a quantidade de passeios que são bastante moderados.

 

3. Eles fazem treino intercalado. Depois de chegar ao local do treino propriamente dito, eles têm quase sempre de fazer treino intercalado. Cada um diferente. Esta época do ano geralmente implica algum trabalho de resistência e força a subir colinas e uma série de passeios de aproximadamente 150 km.

 

4. Eles andam dois lado a lado e respeitam o trânsito. Quando o trânsito acumula atrás deles, eles mudam para fila indiana e deixam-nos passar. Eles andam como se tivessem o direito de estar nas estradas, mas usam o bom senso e não abusam desse direito. Eles também não andam em pequenos grupos. Eles lidam com o trânsito diariamente e sabem como se manterem longe de problemas.

 

5. Conseguem descer, rápido. Eles estão tão confortáveis nas descidas que até parece fácil. Eles estão no controle total. Eles às vezes até conseguem comer ou beber a 75km/hr e fazem parecer que não é nada de especial.

 

6. Vestem manga comprida. Manguitos e pernitos, colete, etc. Mesmo que estejam 20 graus.

 


Foto: Le Rouleur Lent


7. Eles sabem sofrer. Se perguntar a alguém o que separa um amador de um profissional, ou mesmo um profissional de um profissional de nível superior, e vão-lhe responder que os melhores sabem sofrer. Eles aguentam apenas mais um bocado e ficam no "vermelho" uma fracção de segundo a mais do que os outros. Após um acidente, eles levantam-se e continuam. Não é nas pernas, é na cabeça. Muitas vezes demora anos de experiência para desenvolver essa mentalidade.

 

8. Eles brilham. A roupa que usam está em perfeitas condições, a transmissão está limpa e a sua bicicleta brilha. Consegue-se ver um profissional a um quilómetro de distância só por isso.

 

9. A velocidade a que sobem é obviamente muito rápida, é muito claro é que eles são capazes de continuar na mesma velocidade, depois de 120 km. É quando a corrida começa de facto. Enquanto que a generalidade ficam cansados durante cada subida e tende a começar a cansar-se depois de 100 km. Os prós continuam e são capazes de crescer depois deste ponto. Isso é obviamente algo que é um elemento da sua aptidão superior. Se você olhar para alguns dados de energia que você provavelmente não verá nada de excepcional. No entanto, o facto de eles serem tão leves elevam as suas relações peso-potência.

 

 

 

Boas pedaladas!



Publicado por Eupedalo às 19:00
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010

Promover o uso da bicicleta

Aqui está um excelente exemplo de uma cidade que quer promover a utilização de bicicleta, usando técnicas de marketing positivo. A ideia é passar a mensagem que andar de bicicleta na cidade é normal, e mesmo "cool".

É um bom exemplo do que fazer para por mais pessoas a pedalar todos os dias!

 

 

 

 

 

Boas pedaladas!

 


Publicado por Eupedalo às 19:03
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 14 de Dezembro de 2010

Boas festas!

 

 

A Specialized e a MoveFree desejam-lhe um Feliz Natal e um excelente Ano Novo, com muitas pedaladas onde e como quiser.

 

 

Boas pedaladas!


Publicado por Eupedalo às 19:55
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

Quando nem tudo corre bem.

Nenhum utilizador de bicicleta quer pensar numa colisão com um carro. Embora o número de acidentes que envolvam lesões é muito baixo, vale a pena estar preparado e saber o que fazer se o azar bater à porta.

 

Bike Collision

Image Credit: BikePortland.org

 

Um acidente pode ser confuso para um utilizador de bicicleta. É possível que não reparem imediatamente numa qualquer lesão tentando seguir em frente, mas essa decisão pode ser a pior.

É sempre mais seguro assumir que o utilizador e sua bicicleta sofreram algum dano, mesmo se a natureza da lesão não é aparente. O local do acidente é a sua melhor chance de recolher toda a informação para mais tarde se for necessário. Aqui estão algumas directrizes para ajudar:

 

Passo 1: Obtenção de informações do condutor. Antes que alguém sai de cena, certifique-se de ter recolhido informações completas e precisas sobre o condutor do automóvel. Para evitar informações falsas, peça ao motorista para lhe mostrar um documento oficial, como uma carta de condução ou outro documento com foto, bem como um certificado de cobertura de seguro em vigor. Se o condutor parecer relutante, chamar a polícia é sempre aconselhável. Deve-se anotar tudo o que for possível, inclusive;

* O nome do condutor, emorada e número de telefone.
* Carta de condução ou número de B.I.
* A companhia de seguros do condutor e número da apólice.
* A matricula do veículo, que pode ser usado para encontrar o proprietário.


Passo 2: chamar a polícia. Particularmente se:

* Houver feridos.
* O condutor do veículo se recusar a mostrar a identificação adequada.


Passo 3: procurar assistência médica. Se houver dúvidas sobre lesões ou ferimentos, deve procurar imediatamente atendimento médico. Muitas lesões internas, incluindo lesões na cabeça e pescoço, tecidos moles e lesões nas costas, não se tornam totalmente aparentes até algum tempo já ter passado. As contusões, muitas vezes não podem ser detectadas até que o tecido danificado se tornar inflamado, enquanto tecidos moles e lesões do tendão ou ligamento pode parecer uma pequena dor no início, numa questão de horas podem se ser debilitantes. É importante ter as lesões documentadas por um profissional médico em caso de ser necessário reclamação por danos pessoais que exigem a prova de ferimentos.

 

Passo 4: Documentar o acidente. Se possível, regressar à cena do acidente tarde ou pedir a um amigo com uma câmera para fotografar qualquer marca de derrapagem, vidro ou outras marcas na estrada mostrando o ponto de impacto, sentido, velocidade ou força. Faça o seu melhor para documentar quais as condições eram e como aconteceu o acidente.

 

Estas dicas, retiradas do Commute By Bike, são apenas uma ajuda no caso de acontecer o pior. O mais seguro é ter sempre cuidado e atenção para evitar situações desagradáveis.

 

Boas pedaladas!


Publicado por Eupedalo às 18:00
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2010

A maneira mais rápida de chegar.

Foto: Matt Neale

 

Andar de bicicleta é mais rápido do que andar de carro - em Lyon, pelo menos. Essa é a conclusão de um estudo que analisa os dados do computador de bordo do programa bikesharing Vélo'v daquela cidade francesa, que possui 4.000 bicicletas, 350 estações, e 16.000 viagens diárias. Isto é ainda mais impressionante quando considerarmos que Lyon não é uma cidade especialmente amiga dos utilizadores de bicicletas, não possuindo uma única ciclovia.

O estudo, conduzido por investigadores na École Normale Supérieure de Lyon, analisou 11.600 mil viagens de bicicleta na cidade entre Maio de 2005 e Dezembro de 2007. O computador nas bicicletas do Vélo'v regista o local de início e término de cada viagem, bem como o tempo de viagem em geral.

De acordo com o blog do MIT Physics ArXiv, a velocidade média dos ciclistas foi cerca de seis quilómetros por hora (a velocidade média de um carro no interior de uma cidade europeia). Mas nas horas de ponta, os ciclistas viajaram mais rápido, com uma média de nove quilómetros por hora, batendo os veículos locais. Pela primeira vez, os autores do estudo têm a confirmação de que os utilizadores pedalam mais depressa entre as 7h45-08h45 durante a semana, sugerindo a pressa para chegar ao trabalho como justificação.

Os utilizadores foram especialmente rápidos nas manhãs de quarta-feira. Esta é provavelmente uma peculiaridade da cultura francesa, de acordo com os autores do estudo; as mulheres muitas vezes ficam em casa
às quartas-feiras para cuidar dos filhos, sendo que nesse dia da semana a maioria dos utilizadores do sistema são homens, que pedalam mais depressa.

O factóide mais importante do estudo é o seguinte: as viagens de bicicleta entre dois pontos em Lyon são geralmente mais rápidas do que as viagens de automóvel no mesmo percurso, embora a cidade não tenha ciclovias. Isto sugere que os utilizadores tomam conta dos corredores destinados aos autocarros, passeios e andam em contra-mão nas ruas de sentido único. Este é o tipo de informação que é de valor inestimável para o planeamento urbano de decidir onde construir ciclovias.

Agora que as cidades estão a ficar cada vez mais mais integradas com os programas de "bikesharing", esperam-se estudos semelhantes para aparecer em outros locais. Espera-se que a cidade de Nova York, que tem como objectivo criar uma rede de 24 horas com aproximadamente 10.000 GPS wireless equipados em bicicletas, seja um tesouro de informações de planeamento urbano.

 

E se até o Darth Vader pedala...

 

Foto: Sanggi

 

 

Boas pedaladas!

 

Texto retirado da Fast Company


Publicado por Eupedalo às 17:55
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010

Specialized agora em 18 meses sem Juros*

 

 

Para a Época festiva que se avizinha a Specialized e a Cetelem prepararam condições especiais para que este Natal não deixe de contar com um presente da sua marca favorita. Nas lojas Specialized pode agora e até dia 31 de Janeiro comprar a sua bicicleta, acessórios e equipamento com a possibilidade de crédito até 18 meses sem juros* Boas compras e votos de boas festas da Specialized! Pague em 18x Sem Juros* TAEG 2,3%. Para compras superiores a 500€.

 

Para poderem usufruir destas condições especiais, basta passarem numa das nossa lojas.

 

 

*TAEG 2,3%. Exemplo para o financiamento de um bem no valor de € 2.500,00 reembolsado em 18 mensalidades de €138,89, acresce fee débito banco de €0,50, totalizando a quantia de € 2.544,00, TAN 0%. Após aprovação. Informações no Cetelem através do número 707 27 27 27 de segunda a sexta das 9h00 às 19h00. A Specialized é mediadora de Crédito a titulo acessório e sem carácter de exclusividade.

 

 

Boas pedaladas!


Publicado por Eupedalo às 19:29
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

SUBSCREVER FEEDS

ACERCA

Este é o blog da MoveFree. Um blog dedicado a todas as pessoas que pedalam, dos profissionais aos amadores, dos que competem em cima de uma bicicleta aos que gostam de dar umas pedaladas com a família e amigos. Um blog inclusivo e que se compromete a partilhar noticías e informações dedicadas ao ciclismo, à natureza e sustentabilidade.
Eu Pedalo on Facebook

TAGS

2011

24h

24h of exposure

aldeias sos

amigos do pedal

ana galvão

andré egreja

apoio movefree

atleta movefree

audace

avalanche

bicicletas

bike performance center

bikesharing

bmc

brasil ride

bruno espinha

btt

c.o.o.

campanha

campanhas

campeão europeu

cape epic

ciclovias

codigo da estrada

competição

criança

david rosa

dolce vita tejo

downhill

ecologia

enduro series

equipas

estrada

eventos

festival bike

filomena gomes

fórum sintra

forum sintra

freestyle

iceland luso expedition

inovação

itinerários da memória

joana marques

joão barbosa

lisboa

lousã

mafra

mafra btt

malandros btt

maratona de sintra

maratonas

master class

metralhas btt

moda

motovedras

movefree

movefree factory team

movefree/shimano

movefree_

natal movefree

nuno machado

oestebike

oribtt

pardal

passatempo

passeio movefree

passeio nocturno

passeios

passeios de loja

passeios nocturnos

patagonia luso expedition

paulo guerra dos santos

pedro dias

pedro duque

pedro maia

produtos

promoções

raid btt

ribamar

ricardo mendes

rockhopper sl

são martinho

saúde

scott

scott scale 900 rc

segurança

sintra

site movefree

solidariedade

specialized

stumpjumper ht

tapada nacional de mafra

test bike

torres vedras

transalp

treinos

triatlo

tutorial

urbano

todas as tags

ARQUIVOS

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

LINKS